EJACULAÇÃO PRECOCE - OS MITOS

EJACULAÇÃO PRECOCE - OS MITOS

Muitos homens acham que não controlam o seu “corpo” como deveriam e que são uma desilusão para as suas parceiras. Porém, esta ideia muitas vezes está longe da realidade.

Infelizmente foi-nos incutido que, para se ser um bom amante (homem), temos que aguentar o orgasmo o máximo de tempo possível. Se não conseguirmos aguentar uma eternidade, é sinal de fraqueza e de baixa performance sexual e quanto mais tempo aguentarmos uma erecção sem ejacular melhor será o sexo!

Estas ideias preconcebidas, levam a que muitos homens se sintam frustrados, inadequados e deprimidos e inevitavelmente a um autodiagnóstico de Ejaculação Precoce, muitas vezes erróneo. Porém, mesmo que o homem sofra, de facto, de ejaculação precoce, deve sentir-se mal com isso? Claro que não.

Existem diagnósticos de Ejaculação Precoce que são baseados no sentimento de perda de controlo sobre o orgasmo e na angústia que sentem com essa falta de controlo. O mundo está cheio de crenças e mitos e a sexualidade é uma área onde estas ideias preconcebidas proliferam, nomeadamente no que diz respeito à duração ideal do acto sexual.

Somos bombardeados com músicas e filmes, que nos levam a acreditar que um homem tem que ter pilhas Duracell quando chega o momento da verdade... Quantas músicas têm as seguintes frases: "He can last all night", "I can go all night long", "Let's have sex over and over again" e os filmes então são outra desgraça, temos cenas para todos os gostos, a fraca performance de um homem está sempre associada ao tempo que durou o acto sexual, sem faltarem as piadolas tolas.

A DURAÇÃO DO ACTO SEXUAL, NÃO ESTÁ DIRECTAMENTE RELACIONADA

COM UMA BOA PERFORMANCE SEXUAL.

Existe uma preocupação generalizada, entre a população masculina, sobre o que podem fazer para aguentar mais tempo. Acabam por passar muito tempo concentrados em não sentir prazer, com medo que o sexo acabe demasiado cedo, esquecendo-se de gozar o momento e a ligação com a pessoa com quem estão.

Aqui ficam algumas dicas, para os homens que se preocupam com o impacto da Ejaculação Precoce na sua vida amorosa:

1. O SEXO É MUITO MAIS QUE A DURAÇÃO DO ACTO SEXUAL

Para ser possível fazer o diagnóstico de Ejaculação Precoce, são utilizados diversos indicadores, sendo um deles, o "tempo de ejaculação intravaginal". Portanto, o tempo que o pénis aguenta dentro de uma vagina antes de ejacular. Ora bem, até parece que o sexo se resume apenas e só à penetração sexual e isto não é verdade. Fazer sexo é um mundo, que muitos não exploram. No entanto, se o orgasmo surge mais rápido do que o desejado, durante o acto sexual (penetração), talvez esteja na altura de explorarem outras formas de troca sexual.

2. O ORGASMO MASCULINO NÃO SIGNIFICA O FIM DA RELAÇÃO SEXUAL

Temos a ideia de que o sexo acaba quando o homem atinge o clímax, mas não. Tanto homens como mulheres, conseguem ter múltiplos orgasmos durante o sexo e não é algo exclusivo das mulheres, como se pensava até há bem pouco tempo.

O acto sexual não se resume a um único orgasmo e se um dos intervenientes precisar de uma pausa, podem sempre focar-se na outra parte e aprender um pouco mais sobre a sua anatomia.

FICA A DICA:

"A maioria dos orgasmos masculinos é acompanhada de ejaculação, no entanto, é possível sentir esse prazer e sensação de libertação da tensão sexual sem necessariamente ejacular. – ORGASMOS SECOS - 

MÚSCULO PC

O músculo pubococcígeo, também conhecido como “músculo PC”, é essencial quando falamos de “orgasmos secos”. Este músculo está localizado na região que se estende desde o osso púbico até o cóccix e quando exercitado, pode ajudar a alcançar múltiplos orgasmos."

  COMO EXERCITAR O MÚSCULO PC?

  ATRAVÉS DO POMPOARISMO MASCULINO (EXERCÍCIOS KEGEL)

  QUAIS OS BENEFÍCIOS?

Melhoram a tensão do músculo pubococcígeo, elevam os testículos, reforçam o músculo cremáster e o esfíncter anal, proporcionando um aumento da sensibilidade da região genital e aumento da auto-estima (também ajudam a combater a incontinência urinária e a ejaculação precoce, bem como a aumentar o tempo até atingir a ejaculação e a saúde da próstata).

  COMO SE FAZ POMPOARISMO MASCULINO? CLICK AQUI PARA SABER MAIS

3. SENTIREM-SE FELIZES, É O PRINCIPAL OBJECTIVO DA INTIMIDADE SEXUAL E NÃO O TEMPO QUE CONSEGUEM AGUENTAR!

O sexo é uma viagem e não um destino! Muitas vezes sentimo-nos mais felizes sem ter, necessariamente, que atingir o orgasmo e outras vezes, quando nos focamos no prazer do outro. É verdade que, a ideia de atingirem o orgasmo em simultâneo é linda, mas não é uma coisa que aconteça assim tão recorrentemente. Existem muitas formas de conseguir intimidade sexual e nenhuma delas está relacionada com o tempo que aguentamos sem ejacular ou com orgasmos simultâneos.

Desligando o nosso piloto automático, sobre o que é suposto ser o sexo, podemos voltar a desfrutar, verdadeiramente, dos momentos que partilhamos com a outra pessoa e também, podemos dar uso à nossa criatividade, para nos assegurarmos que todos ficamos satisfeitos.

Os orgasmos são fabulosos, mas o prazer vai muito além dessa libertação singular. Quanto mais nos lembrarmos disso, melhor sexo teremos!

PRODUTOS RELACIONADOS COM O ARTIGO:

Posted on 2020-08-10 SAÚDE SEXUAL 0 715

Leave a CommentLeave a Reply

Blog categories

Últimos Comentários

Blog search

Compare 0
Prev
Next

No products

To be determined Shipping
0,00 € Total

Check out